Edir Macedo não “abençoa” mais Dilma Rousseff

Brasil, São Paulo, SP. 27/09/2007. O bispo da Igreja Universal, Edir Macedo Bezerra (foto), durante a inauguração da nova emissora de televisão Record News, que contou com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do governador de São Paulo, José Serra e do prefeito Gilberto Kassab. - Crédito:JOSÉ PATRÍCIO/AGÊNCIA ESTADO/AE/Codigo imagem:16960



Bispo Edir Macedo – Foto JOSÉ PATRÍCIO/AGÊNCIA ESTADO/AE/

 


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

O apoio da cúpula da Igreja Universal do Reino de Deus, liderada pelo bispo  Edir Macedo a Presidente Dilma pode estar com os dias contados. Aos poucos, a IURD que comanda o PRB, dá sinais de fadiga na relação como Planalto. Parece iminete o desembarque.
Na coluna painel da Folha está postado neste sábado: “O Planalto cobrou do ministro George Hilton (Esporte) posição sobre artigo do presidente de sua sigla, o PRB, publicado na Folha. Marcos Pereira diz que o impeachment pode ser uma saída para a crise. Hilton decidiu, então, publicar uma nota de “discordância”.

Em breve A bancada do PRB irá se reunir depois do fim da janela partidária, em 18 de março, para decidir se fica ou não na base do governo. Os deputados estão divididos. Parte quer abandonar o barco. Outra se agarra às benesses do poder.