Coronel do Blog, editor do Coturno Noturno não viu a queda do PT – Um guerreiro que morreu na Luta!

O primeiro e mais corajoso blogueiro a enfrentar a ORCRIM não está mais entre nós.  O relato da sua companheira de jornada nos entristece.. Mas nos dá ânim,o para lutar


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Adeus, guerreiro.
EM OPINIÃO, POLÍTICA
TERÇA-FEIRA, 15 DE MARÇO DE 2016 ÀS 16:49:00

Prezados leitores e amigos,

É com imensa dor e tristeza que cumpro a tarefa de comunicar o falecimento do titular deste blog.

Nos últimos quatorze meses, Coronel lutou sua maior batalha: uma batalha pela vida e contra o câncer. Se é verdade que caiu, o fez, como ele mesmo gostava de dizer, “atirando”. Lutou feito um leão até o último suspiro.

Não irei me estender aqui em homenagens ao homem, marido, pai e amigo que foi. São coisas que dizem respeito à esfera pessoal, um tanto distante deste espaço.

Deixo aqui apenas a minha homenagem ao brasileiro, blogueiro, guerreiro implacável, que tantas horas dedicou ao combate daqueles que roubam e violentam o país – atividade que só deixou na última semana porque já não era fisicamente possível prosseguir.

Fica, também, como ele queria, o agradecimento aos leitores que o acompanharam durante todos esses anos. Muito obrigada, de coração.

Sei que vocês poderão entender que, a despeito do grave momento pelo qual passa o país, não me é possível decidir, agora, qualquer coisa a respeito deste espaço. Também não passa pela minha cabeça que o Coronel possa ser substituído – não creio que alguém tenha condições de fazê-lo à altura.

Em algum momento, quando a dor amainar, retornarei às redes com o meu perfil. Por ora, contudo, prefiro me manter em silêncio, afastada tanto das homenagens quanto das demonstrações de falta de respeito que certamente virão. Bem sei que o Coronel combatia hienas. E é para não ouvir o riso mórbido delas que me manterei afastada por algum tempo.

Adeus, meu guerreiro. Tua luta está registrada na história deste país.

Nariz Gelado
http://coturnonoturno.blogspot.com.br/2016/03/adeus-guerreiro.html