Com o “c” do filho na reta, Sérgio Machado explodiu o PMDB

Ninguém entendeu nada! Que motivos teriam levado Sérgio Machado, ex-Transpetro a gravar e denunciar seus protetores José Sarney e Renan Calheiros?


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

A resposta surge de forma devastadora. Sérgio Machado usou um dos filhos para movimentar uma cifra que beira ao bilhão.  O dinheiro “roubado” dos cofres da Petrobrás era desviado de contratos, obras e movimentações no mercado de capitais.

Quando teve certeza que o filho Expedito Machado Neto tinha sido desmascarado pelos investigadores da Lava Jato – gestor de contas secretas na Europa – Sérgio Machado “adernou” e procurou o Ministério Público Federal para contar tudo.

Diz Cláudio Humberto no Diário do Poder de hoje:  Principal “laranja” de políticos corruptos do PMDB, o operador financeiro Expedito Machado Neto, o “Did”, ofereceu aos investigadores da Operação Lava Jato o caminho do dinheiro roubado da estatal Transpetro, subsidiária da Petrobras que foi presidida por mais de onze anos pelo seu pai, Sergio Machado. O acordo de delação premiada de “Did” deu certeza à cúpula do PMDB de que não escaparão da cadeia.”

Escaparão poucos do PMDB.

%d blogueiros gostam disto: