BLAIRO MAGGI na agricultura e no PP

Está confirmada a escolha do senador pelo Mato Grosso, Blairo Maggi na pasta da agricultura no possível governo Temer.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Ingressa no ministério na cota do Partido Progressista, sigla para a qual está se transferindo. Nenhuma novidade!

Maggi, junto com o primo, Erai Maggi Scheffer são os maiores produtores individuais de soja no mundo.

Nasceu na cidade de São Miguel do Iguaçu, Paraná.  E graduado em agronomia. Conhecido como “rei ada soja”, Maggi foi  governador do Mato Grosso. Foi considerado pelos ambientalistas como um dos maiores promotores do desmatamento e da destruição da Floresta Amazônica.

Em 2008,  Maggi criou o programa denominado MT Legal, que visa estimular a regularização e legalização fundiária, além de monitorar as propriedades rurais do seu estado através de imagens de satélite. Todavia, o estado de Mato Grosso não só continua incluído no chamado “Arco do Desmatamento” (a parte da Amazônia Legal) que mais perde área florestada) como o ritmo do desmatamento do estado dobrou (depois do seu governo), entre agosto de 2012 e julho de 2013. Mato Grosso foi o estado que mais desmatou, depois do Pará, respondendo por 621 Km2 dos 2.007 km² de acréscimo à área devastada, nesse período.  Atualmente, é o 2º político mais rico do Brasil segundo a revista Forbes. É também o autor da famosa frase: “Para mim, um aumento de 40% no desmatamento não significa nada; não sinto a menor culpa pelo que estamos fazendo aqui. Estamos falando de uma área maior que a Europa toda e que foi muito pouco explorada. Não há razão para se preocupar.

Blairo Borges Maggi é presidente da Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle do Senado Federal do Brasil.

%d blogueiros gostam disto: