foto mst

ATENÇÃO: MST PREPARA GRANDES INVASÕES NO SUL

O exército de Stédile começa a se movimentar no Sul do Brasil.  Está cumprida a ameaça pública quando João Pedro  Stédile  disse que se “derrubassem Dilma” o MST faria do Brasil, um inferno. Na manhã deste sábado, 14 de maio, cerca de 100 famílias ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) montaram um novo acampamento,  no município de São Gabriel, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul.  A área ocupada está localizada na Comunidade Batoví – a pouco mais de um quilômetro da ERS 630, e abriga famílias do interior do município.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Segundo o dirigente estadual do MST, Jair Amaral, outras familias devem chegar até o final deste domingo, 15 de maio.  Informa que o acampamento será permanente e ajudará a preparar os grupos para futuras lutas(sic) que na verdade nada mais são do que invasões de terras no Rio Grande do Sul.  Informou que atualmente 2,5 mil famílias estão acampadas no estado, em 11 acampamentos.

Um grande problema está criado para as autoridades de segurança.  Os ruralistas da região são conhecidos. Não negociam com invasores. Se mobilizam de forma muito rápida e não esperam ações de governo e da justiça para agir.

Conteúdo Correio do Povo