ARMAS DA VENEZUELA JÁ SÃO USADAS NAS RUAS DO BRASIL

O Secretário de Segurança Pública José Mariano Beltrame afirma que já circula no Rio de Janeiro um tipo mais moderno do Kalashnikov, armamento usado por terroristas em Paris  e que são fabricadas na Venezuela.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

A polícia do Rio de Janeiro apreendeu 202 fuzis entre janeiro e junho de 2015, ou seja, mais de um fuzil por dia. Essa média de apreensão vem desde 2012, mas os criminosos continuam a ostentar as armas de guerra, indicando que o tráfico de fuzis não só não arrefeceu, como se ampliou. O secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, afirma que já circula no Rio de Janeiro um novo tipo de fuzil Kalashnikov (Ak-47), cuja origem seria a Venezuela. Estima-se que 250 mil pessoas sejam mortas por ano em diversos conflitos no mundo com uso do AK-47, de fabricação originalmente russa. Na semana passada, os terroristas que atacaram Paris utilizaram o Kalashnikov para alvejar suas vítimas. Beltrame afirma que as armas ilegais chegam pelas fronteiras do Brasil, principalmente com o Paraguai. Na falta de maior fiscalização do governo federal, ele defende mudanças na legislação para punir com mais rigor os criminosos.

Leia a entrvista completa na guia

http://epoca.globo.com/tempo/noticia/2015/11/beltrame-estamos-apreendendo-fuzis-ak-47-novos.html

 

convite-facebook

%d blogueiros gostam disto: