Agressão de Luiza Brunet… Uma história muito da “mal contada”…

Não se trata de um juízo de valor ou tomar partido: O cristalvox vai trabalhar com fatos para mostrar que a história contada por Luiza Brunet não faz sentido. Tem um “cheiro forte” de chantagem, de “armação”. Nenhuma mulher suficientemente informada como Luiza Brunet esperaria 30 dias para contar para a polícia que foi agredida.


Este conteúdo é produzido por CristalVox. Apoie nosso trabalho curtindo nossa página

Vamos aos fatos:
1. A polícia brasileira e o Ministério Público não possuem competência para apurar a denúncia que faz Luiza Brunet. Qualquer estudante de direito sabe que em matéria penal, prevalece a teoria do lugar, ou seja, só a polícia de Nova Iorque pode instaurar procedimento investigatório contra Lírio Parisotto.

2. Nas declarações de Luiza Brunet, trazidas ao conhecimento do público brasileiro, fica muito claro que:
a) a “suposta agressão” ocorreu na madrugada de 21 de maio, num apartamento de 30 milhões de dólares, no The Plaza, em Nova Iorque;
b) Que após ter sido agredida por Lírio, se fechou no quarto até a manhã seguinte. Ao percebeu que ele havia saído correu para o aeroporto e voltou para o Brasil. Se é verdadeira a descrição, isso ocorreu dia 22 de maio.
c) Qualquer leigo sabe que uma fratura de costelas provoca um desconforto imenso, a dor é insuportável. Imaginem uma mulher, com 04 costelas quebradas embarcar numa aeronave, sem estar medicada e viajar por 11 horas ininterruptas. Não cola!
d) Ao chegar no Brasil,  Luiza Brunet não compareceu a uma delegacia da Polícia Federal do aeroporto, tampouco procurou a polícia estadual para registrar um boletim de ocorrência.

e) Pelo que se conhece, Luiza Brunet só procurou as autoridades brasileiras para comunicar a  agressão que diz ter sido vítima, dia 23 de junho, ou seja, 31 dias contados do fato.

A expressão “traição” está presente nas entre-linhas das postagens.

Chamar Lírio Parisotto de “pobre” parecia ser a diversão preferida de Luiza Brunet.  São públicas suas postagens nas redes sociais nesse sentido.

Lírio Parisotto é um dos homens mais poderosos da América. Sua fortuna pessoal beira 4,5 bilhões de reais.
Lírio Parisotto está avançando no núcleo da principal rede de comunicação afiliada a Rede Globo. Passou a ser vidraça.
Ele nega a agressão…
Cheira “chantagem’!